sábado, 2, julho, 2022
InícioBrasilJustiça dá 72h para Bolsonaro explicar troca na Petrobras - Notícias

Justiça dá 72h para Bolsonaro explicar troca na Petrobras – Notícias




A Justiça Federal em Minas Gerais deu 72 horas para que o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) e a Petrobras se expliquem sobre a indicação do general Joaquim Silva e Luna para a presidência da estatal.  O prazo é contado a partir da tarde desta segunda-feira (22).


A decisão é do juiz André Prado de Vasconcelos, da 7ª Vara da Justiça Federal da 1ª região. O magistrado atende a um pedido de ação penal feito por dois advogados mineiros. A dupla alegou que a mudança no controle da empresa deveria ter sido feita pelo conselho da companhia.


“Por oportuno, destaco que, conforme amplamente divulgado pelos veículos de comunicação, a aprovação do indicado para a Presidência da Petrobras depende de deliberação do respectivo Conselho de Administração, ainda não ocorrida”, destacou o juiz.


A reportagem tenta contato com a Presidência e com a Petrobras.


Troca


A troca na presidência da Petrobras foi anunciada por , em comunicado divulgado nas redes sociais, na última sexta-feira (19). Em nota divulgada em rede social, o chefe do Executivo informou que Roberto Castello Branco será substituído pelo general Joaquim Silva e Luna, atual diretor-geral da usina Itaipu Binacional.


A medida dividiu opiniões e provocou reflexos no mercado. Nesta segunda-feira (22), as ações da Petrobras abriram o dia com queda de 20%.




DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -

Mais Populares